Atendimento SBG
Posso te ajudar?
Sociedade Brasileira de Geologia - SBG Contato

10 anos do Megadesastre da Região Serrana (RJ): Consequências, atuações, desdobramentos e atualidade


A Sociedade Brasileira de Geologia, Núcleo Rio de Janeiro e Espírito Santo, convida para a Live sobre os "10 anos do Megadesastre da Região Serrana (RJ): Consequências, atuações, desdobramentos e atualidade", com a participação de geólogos que atuaram na linha de frente, na época do desastre e pós desastre, e também de desdobramentos posteriores relacionados ao evento catastrófico.
 
Data: nesta quinta-feira (14/01)
Hora: 18:30h
Canal: canal SBG no YouTube e através do Facebook do Núcleo RJ-ES (@sbgrjes)
 
 
A Live será mediada pela geóloga Caroline Dutra, diretora de comunicação e publicações do Núcleo RJ-ES da SBG, e os geólogos convidados são:

Ingrid Lima - Atuou no Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ), como coordenadora do Núcleo de Análise e Diagnóstico de Escorregamentos (NADE), entre 2010 e 2014. Atualmente, é bolsista do Programa de Desenvolvimento de Especialistas do Japão para Futuros Líderes na América Latina e no Caribe - JICA e Pesquisadora acadêmica no Laboratório de Hidrologia e Gerenciamento de Ecossistemas da TUAT-Japão.
Larissa Lago - Atuou no NADE na época do desastre. Trabalhou também na elaboração do PPRR (Plano Municipal de Redução de Risco), de Nova Friburgo nos anos seguintes. Atualmente é doutoranda e pesquisadora na PUC-RIO, na área de Geotecnia, e integrante da diretoria nacional da Associação Brasileira de Mulheres nas Geociências (ABMGEO), além de co-fundadora do Grupo Yangì de Geocientistas Negros.
Rafael Melo - Atuou na prefeitura de Petrópolis com a atualização do PMMR de Petrópolis, e no Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ), e no Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM), onde atuou durante seis anos com setorização de áreas de risco nos municípios do nordeste. Atualmente está lotado na Divisão de Geologia Básica, no escritório do Rio de Janeiro.
Thiago Dutra - Desde 2010 atua como pesquisador em geociências no Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM). Participou do projeto de cooperação técnica Brasil-Japão (GIDES). Foi coordenador executivo do DEGET, desenvolvendo projetos relacionados ao gerenciamento de risco e perigo a desastres naturais e gestão territorial, entre 2018 a 2020. Atualmente é o vice-presidente da gestão 2021/2022 da Associação Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental - Núcleo RJ/ES (ABGE RJ/ES).

#riscogeologico #sbgrjes  #sbg #geologia #geociências #megadesastres #batepapo #riodejaneiro