Sociedade Brasileira de Geologia - SBG Contato

Nota: Geologia e Posse de Armas


A Sociedade Brasileira de Geologia explicita sua preocupação em face do recente decreto assinado pelo Poder Executivo, ampliando o acesso às armas de fogo a um grande número de categorias e pessoas, o que representa um grande retrocesso em relação ao Estatuto do Desarmamento até então vigente.

Estima-se que apenas nas áreas rurais, cujos moradores estão contemplados nas novas regras, mais de 15 milhões de pessoas estarão aptas a requerer a posse de armas de fogo, dificultando o controle e potencializando conflitos e acidentes decorrentes deimaturidade, despreparo ou mau uso de artefatos que deveriam ter circulação restrita.  

A proliferação descontrolada e o comércio irregular de armas e de munições que tal medida provocará configuram-se como riscos adicionais ao exercício das profissões ligadas às Geociências, uma vez que boa parte do nosso trabalho envolve pesquisa, mapeamento e outras atividades de campo, muitas vezes em áreas remotas e sob condições de segurança e comunicação limitadas. 

Ao contrário do que o discurso oficial divulga, a sensação de insegurança irá aumentar para a categoria de geocientistas e por esta razão nos juntamos ao grupo de especialistas e de pessoas de bom senso que clamam pela revogação ou aperfeiçoamento de medida tão perigosa para a nossa segurança durante as atividades de campo. 

 

Sociedade Brasileira de Geologia

Diretoria Executiva